Logótipo

 

 

     Quando escolhemos este logótipo, efectivamente, não nos debruçámos aprofundadamente sobre a simbologia do mesmo.

     Há conceitos que se adquirem pelo simples facto de pertencermos a uma determinada sociedade que carrega com ela uma simbologia própria, herdada ao longo de séculos. Essa simbologia adquire-se naturalmente e fica subjacente aos nossos conceitos, ainda que disso não tenhamos consciência.

     Quando escolhemos este símbolo, fizemo-lo porque pensámos que é uma mão humana que pode salvar vidas.

 

     Quando nos foi pedido para nos debruçarmos sobre o seu significado fomos pesquisar qual a simbologia de mão e de coração. Do muito que lemos sobre o assunto passamos a transcrever alguns parágrafos:

     “O coração, órgão central do indivíduo, corresponde, de maneira muito geral, à noção de centro. Se o Ocidente fez dele a sede dos sentimentos, todas as civilizações tradicionais localizam no coração, pelo contrário, a inteligência e a intuição: talvez o centro da personalidade se tenha deslocado da intelectualidade para afectividade. Mas Pascal não diz que os grandes pensamentos vêem do coração? Também se pode dizer que, nas culturas tradicionais, o conhecimento se entende num sentido muito lato, que não exclui os valores afectivos.

     O coração é, efectivamente, o centro vital do ser humano, uma vez que assegura a circulação do sangue. Foi por isso que ele foi tomado como símbolo e não, certamente, como sede efectiva das funções intelectuais.”(in CHEVALIER, Jean, Gheerbrant, Alain – Dicionário dos Símbolos; Lisboa: Teorema)

     “A mão exprime as ideias de actividade, ao mesmo tempo que de poder e domínio.”

     “A própria palavra hebraica iad significa ao mesmo tempo mão e poder.”

     Quando socorremos alguém, há em nós um impulso de compaixão ligado aos nossos sentimentos como seres humanos, mas há também uma intuição de como agir no momento. Estes dois aspectos precisam de ter um suporte de saber dado pelo conhecimento que se adquire na área do socorrismo e que deve ser usado com inteligência para ser profícuo.

     O coração simboliza tudo isso: inteligência, intuição, valores afectivos e, como centro do sistema circulatório, da sua actividade depende a vida.

     A mão simboliza actividade, mas também poder. Para agir é necessário “dominar” a situação e ter “poder” para intervir, ou seja, agir com saber.

     Assim, podemos concluir que houve nesta escolha um saber não consciente que está em total conformidade com o tema do nosso projecto.

Anúncios

Responses

  1. É maravilhoso ver trabalhos com esta qualidade.Gostei imenso do vosso site, revela sobretudo uma grande dedicação, muita pesquisa, empenho, e gosto por aquilo que estão a fazer.Desejo-lhes as maiores felicidades e tudo de bom no futuro.
    A vossa professora de Biologia.
    Manuela Caldeira.

  2. PARABÊNS
    SOU SOCORRISTA 1ª CLASSE NA CRUZ VERMELHA PORTUGUESA, E GOSTEI MUITO DESTE VOSSO TRABALHO.
    CONTINUEM


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: